TV & Famosos

Susana Vieira em seus 80 anos de idade cai no choro ao revelar fracasso como mãe: ‘Hoje eu vejo’

A atriz Susana Vieira de 80 anos, completou 60 anos de carreira e revelou no programa Altas Horas, no sábado (5), sobre seu passado e lamentou ter deixado a família em segundo plano para se dedicar ao trabalho.

A veterana global ainda declarou que seu maior arrependimento é que nunca passou o Dia das Mães com o seu  filho Rodrigo de 57 anos, fruto do seu antigo relacionamento com o ator Régis Cardoso.

Bastante emocionada, a atriz lamentou não ter visto o filho crescer, assim como os netos, Rafael de 26 anos e Bruno de 24 anos. A atriz ainda revelou seus planos de se para Miami, onde mora a família.

“Abri mão da minha vida pessoal, afetiva e familiar. Hoje eu vejo que me dediquei muito mais à carreira, colocando-a sempre em primeiro lugar. Eles cresceram e eu não cresci com eles. Hoje eu me pergunto, valeu a pena, Susana Vieira? Eu nunca passei um Dia das Mães com o meu filho e para uma mãe, não ter o filho no Dia das Mães é muito forte.”

A artista ainda reflete também sobre ter deixado de lado seus relacionamentos amorosos por conta da carreira, “Eu nunca liguei muito para os meus casamentos. Eu ia trabalhar e estava feliz e realizada no palco e se eu tinha um homem que ia me ligar ou não, eu não estava nem aí.”

“Acredita que esse ano eu estou completando 50 anos de trabalho nessa empresa (Globo)… Não sei como, mas eu olhei no relógio e tinha completado 80 anos e é isso que eu tenho pra oferecer pra vocês”, disse Susana sobre sua carreira.

Carreira de atriz

Recentemente Susana deu uma entrevista para o jornal Estado de Minas, a atriz comentou sobre sua mais recente peça que se chama “Uma Shirley Qualquer”. A adaptação e tradução da peça foi feita pelo amigo Miguel Falabella tem feito sucesso nessa recente temporada.

A peça fala de uma personagem que possui marido e filhos, porém aos poucos vai se dando conta de que é uma pessoa solitária. Com isso, durante a entrevista a Susana traça uma comparação com sua vida pessoal, na qual ela optou pela carreira ao invés de um relacionamento tradicional.

“Me casei muito jovem, tive filho com 18 anos, mas quando ele estava com 5 anos, me separei e levei a vida sozinha. Comecei minha carreira na década de 1960, na TV Tupi e nos anos 1970, fui para a TV Globo, onde estou até hoje. Fiz muita novela e teatro, estou em cartaz e ainda tenho muitos projetos para o futuro, entre eles minha biografia e um documentário contando minha história. Portanto, minha vida sempre foi dedicada ao trabalho.”