TV & FamososSaúde

Quais foram os sintomas que Guilherme de Pádua sofreu ao ter um infarto fulminante?

O ex-artista Guilherme de Pádua, que foi condenado pela morte da atriz Daniella Perez, faleceu neste domingo (6) em Belo Horizonte, aos 53 anos. O pastor Márcio Valadão da Igreja Batista da Lagoinha prestou a informação em um vídeo publicado no Instagram. Segundo o religioso, Pádua sofreu um ataque cardíaco pouco antes das 22h.

“Recebi o telefonema de uma irmã falando de um dos nossos pastores que acabou de falecer. Aquilo para mim foi um impacto muito grande, pois hoje, às 10h, eu estava dirigindo o culto, e ele estava no primeiro banco com a esposa, servindo ao Senhor, cantando, orando, louvando (…)”, comentou.

Guilherme de Pádua – Foto: Reprodução

Você provavelmente já ouviu falar de um ataque cardíaco súbito, mas o que talvez você não saiba são os primeiros sintomas dessa doença cardíaca que mata milhares de pessoas ao redor do mundo todos os dias.

Estima-se que cerca de 1.100 pessoas morram por doenças cardiovasculares no Brasil todos os dias, ou seja, 46 pessoas por hora e uma pessoa a cada 1,5 minuto. De acordo com o portal Cardiômetro, até a madrugada desta segunda-feira (7), 342.805 pessoas faleceram por enfermidades cardiovasculares no Brasil.

Um ataque cardíaco latente é aquele que ocorre de repente e geralmente pode levar à morte súbita, que pode ocorrer de 1 a 2 horas após o aparecimento dos sintomas. Vale ressaltar que em quase metade dos casos, a vítima de infarto súbito morre antes de chegar ao hospital.

Este tipo de ataque cardíaco é caracterizado por uma interrupção radical do fluxo sanguíneo para o coração. Um ataque cardíaco geralmente é causado por alterações genéticas que alteram os vasos sanguíneos ou por arritmia grave.

O risco de ataque cardíaco é maior em jovens, tabagismo, obesidade e pressão alta. Embora um ataque cardíaco possa acontecer sem aviso prévio, os sintomas podem aparecer dias antes de um ataque cardíaco. Falta de ar severa; fadiga e suor frio; sensação de indigestão; dor, peso ou queimação no peito que pode irradiar para o braço ou mandíbula.

Guilherme de Pádua foi condenado a 19 anos e 6 meses de prisão pelo assassinato de Daniella Perez. Depois de cumprir um terço da pena, foi solto em 14 de outubro de 1999. Mais tarde, ingressou na Igreja Batista Lagoinha, onde fez trabalho social com ex-presidiários, segundo Valadão.

Guilherme é casado com a estilista Juliana Lacerda desde 2017. Antes disso, foi casado com a gerente de TI Paula Maia por oito anos, de 2006 a 2014. O ex-ator tem um filho, Felipe Thomaz, do relacionamento com Paula Thomaz. Quando Daniella Perez foi morta, a primeira esposa do ator estava carregando um bebê de quatro meses.