TV & Famosos

A grotesca coincidência entre a data da morte de Guilherme de Pádua e Glória Perez

Logo após o anúncio da morte de Guilherme de Pádua neste domingo, 6 de novembro, o assassino confesso de Daniella Perez, filha da autora Gloria Perez, uma coincidência foi trazida à tona por internautas.

Em 6 de novembro de 1995, há exatos 27 anos, estreava a novela ‘Explode Coração’, a primeira novela de Gloria Perez após a morte da filha.

Outra associação com a morte de Guilherme diz respeito ao tema central de Corpo e Alma, telenovela em que o ex-ator foi parceiro romântico de Daniella. A novela foi baseada em um transplante de coração ao qual a personagem de Cristiana Oliveira foi submetida. Foi a estreia da atriz na Globo após seu grande sucesso como Juma no Pantanal, na extinta Manchete.

Além disso, algumas pessoas também lembraram que Daniella foi assassinada com facadas no coração.

Morte de Guilherme de Pádua

Guilherme morreu aos 53 anos, após sofrer uma parada cardíaca, segundo o pastor Márcio Valadão, líder da Igreja Batista Lagoinha, à qual De Pádua também era filiado.

A congregação, que fica em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, foi quem acolheu Guilherme após sua libertação da prisão. Foi lá que, há cinco anos, Guilherme acabou sendo proclamado ‘pastor’.

Pastor anuncia morte de Guilherme de Pádua com sorriso no rosto

O anúncio da morte de Guilherme também foi um dos assuntos mais comentados no Twitter. A razão? Expressão do pastor Márcio ao trazer a notícia ao público nas redes sociais.

Eu fui ver esse vídeo agora e pensei a mesma coisa: ‘que bizarro ver um pastor dar a notícia da morte de outro sem tirar esse sorriso esquisito da cara'”, comentou um internauta. “Gente… ele é assim mesmo, é porque vocês não o conhecem. Ele é assim o tempo todo, é a expressão dele. Depois vejo mais vídeos dele”, disse outra internauta.