SaúdeCuriosidades

O que acontece se você não trocar de peça íntima pelo menos uma vez ao dia? Especialistas respondem

Todo nosso corpo deve ser muito bem cuidado, mas as partes íntimas são um local onde exige um pouco mais de atenção por ser muito mais sensível, principalmente quando se trata de hábitos de higiene e, claro, esse adendo serve tanto para a mulher como também para o homem.

Os médicos especializados na área de ginecologia estão sempre atentos e buscando dar orientações referentes aos cuidados que devem ser mantidos, como quais sabonetes podem ou não serem utilizados e onde, chuveiros internos e até mesmo se ou quais objetos podem ser introduzidos nesses locais.

Mas claro, principalmente sobre a higienização correta. Normalmente, as instruções são mais rigorosas para as mulheres que não precisam utilizar tantos agentes de limpeza, já que a vagina já possui propriedades autolimpantes no que se refere a parte interna. Por essa razão o uso de sabonetes nessa área pode acabar atrapalhando a flora vaginal e ocasionar em doenças.

Além desses cuidados, os médicos sempre alertam também sobre o uso de peças intimas confortáveis e que possam permitir uma boa ventilação e sem apertar ou causar desconforto. No caso dessas peças é sempre recomendado que sejam passadas com ferro quente.

Doenças que podem acontecer com seu corpo

– Suas partes íntimas poderão ficar mais propicias a serem atacadas por fungos e bactérias. Vale ressaltar (devido ao clima do nosso país) que esse risco pode aumentar quando se trata de dias de temperaturas mais elevadas, já que as partes íntimas que já possuem uma transpiração natural, com o abafamento do ambiente podem transpirar ainda mais e tornar o local ainda mais úmido do que o habitual. E se não trocar a peça íntima, sua genitália ficará ainda mais tempo em contato com esses microrganismos que se aproveitam da alta temperatura.

– Quando a roupa íntima não está limpa adequadamente, é possível que haja o surgimento de problemas urinários, ainda mais se a peça intima utilizada for apertada.

– Algo pior ainda é fazer uso da mesma peça intima por alguns dias seguidos. Isso será uma grande brecha para que o acúmulo de bactérias que normalmente já estão por ali, se procriarem e causem danos piores.

Por essa razão é importante manter essa região sempre limpa, e se possível durante a noite dormir com roupas mais largas e confortáveis promovendo a ventilação do local. Dormir sem também é uma ótima opção.