Saúde

Pálpebras tremendo involuntariamente? Então você precisa conhecer este fenômeno urgente

Provavelmente em algum certo momento de sua vida você também já passou por um episódio como este. O tremor nas pálpebras acontece geralmente de forma involuntária e pode realmente durar por vários dias. Quando este tipo de episódio de tremor acontece não tem como ser controlado. Na verdade, o tremor involuntário das pálpebras é um grande sinal de que há algo de muito errado com seu organismo.

Geralmente, o tremor das pálpebras costuma acontecer quando o indivíduo está enfrentando um grave quadro de estresse. Vale ressaltar também que estresse pode fragilizar muito a sua saúde. Hoje em dia, o estresse é visto, pela grande maioria da comunidade médica tradicional, como um grande conjunto de sintomas físicos e emocionais que pode levar a várias outras patologias.

A lista de problemas de saúde que podem surgir em função do estresse é imensa:

  • Alergias;
  • Transtorno de pânico;
  • Infecções causadas por baixa imunidade;
  • Depressão;
  • Asma;
  • Bronquite;
  • Contração muscular crônica;
  • Enxaqueca;
  • Gastrite;
  • Obesidade;
  • Alguns tipos de câncer.

Na grande maioria dos casos atuais o tremor das pálpebras tem como grande causador principal o estresse, contudo, em casos que são mais raros pode ser causado também por uma doença conhecida como blefaroespasmo (que e quando a pálpebra fica tremendo muito o tempo todo).

Segundo as informações do oftalmologista Luiz Carlos Molinari, que é professor da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), o blefaroespasmo é uma doença muito progressiva e que na sua grande maioria dos casos atinge mais os grupos musculares do rosto e também do pescoço. 

“Os sintomas pioram com o estresse, a fadiga e a luz forte”, diz o médico. Ainda segundo as informações de Luiz Carlos, o blefaroespasmo afeta muito mais as mulheres do que os homens, numa proporção de cerca de 3 para 1.

O oftalmologista Carlos Augusto de Carvalho também explica que esse tipo de espasmo muscular fortes nas pálpebras acontece sempre porque os hormônios que estão ligados ao estresse vão parar no nosso sistema nervoso autônomo e acabam levando muitos estímulos para essa área, que passa a ter várias contrações involuntárias.

“Geralmente, o paciente que atualmente está num momento de maior estresse, mas esses tremores não causam prejuízo para a visão”, comenta o especialista. A ingestão excessiva de cafeína, idade avançada excesso de horas em frente ao computador também podem desencadear o problema, segundo o médico.