Saúde

Ivermectina: 4 coisas que você precisa saber antes de usar

Saiba que o remédio chamado Ivermectina é amplamente utilizada atualmente contra vários parasitas de diversas classes, combatendo e também matando todo esses invasores do organismo como é o caso de vermes e ácaros. As 4 principais doenças tratadas com Ivermectina são:

Pediculose: A pediculose é uma doença que é mais comum tratada com Ivermectina. Ocorre também devido ao parasita Pediculus humanus capitis, que popularmente é muito conhecido como “piolho”. É muito frequente em crianças de até cerca de 12 anos e entre as pessoas que são privados de liberdade.

Geralmente essa doença também causa alguns quadros leves de irritação na pele e no couro cabeludo, mas, se não for bem tratada pode causar realmente lesões graves e infecções.

Filarióse (ou elefantíase): é uma doença que é causada pelo verme Wuchereria bancrofti que é transmitido pela picada de um mosquito que está totalmente contaminado. É uma doença muito crônica que causa “entupimentos” no sistema linfático. Se não for realmente tratada de forma muito precoce com antiparasitários como a Ivermectina, provoca também grandes edemas nos braços, pernas ou até mesmo nos testículos.

Ascaridíase: essa doença é muito mais comum entre as crianças pequenas e também em comunidades onde não existe água tratada e as condições sanitárias são muito ruins. É causada também pela infestação do verme Ascaris lumbricóides, a lombriga, e pode também provocar desde simples desconforto abdominal até mesmo a morte de uma pessoa.

Escabiose: também é muito conhecida como sarna, é uma doença que é muito comum em cães, mas saiba que também pode afetar os seres humanos, em especial, aquelas pessoas que tiveram contato com muitos animais doentes sem uma real proteção e sem higiene, pessoas que estão em condições insalubres e a população carcerária. É causada pelo parasita Sarcoptes scabie e a Ivermectina também é o principal remédio contra essa sarna.