Notícias

Grupo de amigos ocultam acidente para polícia e deixam mulher morrer presa às ferragens

Policiais militares descobriram o que de fato ocorreu e motorista os levou ao local do acidente onde a vítima foi encontrada sem vida.

A Polícia Civil de Minas Gerais se deparou com um caso que vem causando muita revolta. Segundo os agentes de segurança, na última terça-feira (22), quatro pessoas foram presas em flagrante após mentir e ocultar para a polícia um acidente que culminou com a morte de uma mulher, que ficou presa às ferragens e que não teve a chance de ser socorrida.

O caso aconteceu em Campos Altos, que fica na Região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais. De acordo com as investigações preliminares dos agentes de segurança, os quatro amigos que acabaram presos, faziam parte de um grupo de seis pessoas que estavam no carro acidentado.

Os passageiros e o motorista beberam e seguiam em direção a cidade de Bambuí, que fica no Centro-Oeste mineiro. Durante o trajeto o motorista perdeu o controle do carro, capotou, saiu da pista e acabou caindo em uma ribanceira.

Cinco pessoas conseguiram deixar o carro, acessar a rodovia e pedir ajuda, enquanto uma mulher ficou presa nas ferragens. O acidente aconteceu no último dia 21 de novembro e os amigos combinaram de mentir para a polícia e os bombeiros ocultando o acidente.

Em comum acordo, afirmaram que foram roubados, e que a mulher que estava com eles não teria conseguido sair do carro e foi levada pelos bandidos. Os cinco amigos receberam os primeiros socorros, foram levados para uma unidade de saúde da região, receberam o tratamento adequado e foram liberados em seguida.

No dia 22 de novembro, a Polícia Militar enviou uma equipe até a casa do motorista para colher mais informações sobre a pessoa que havia sido levada pelos criminosos e que estava desaparecida. O motorista acabou confessando que ocultaram o acidente e que a mulher que não teve o nome revelado ficou presa no veículo.

Foi então que ele levou os agentes de segurança até o local do acidente e a mulher foi encontrada sem vida. Os outros ocupantes do veículo também foram interrogados. Eles foram presos e vão responder pelos crimes de omissão de socorro com resultado morte e por comunicação falsa de crime.